Por falta de dados, Anvisa rejeita uso emergencial da Coronavac em crianças e adolescentes

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) rejeitou nesta quarta-feira o pedido de uso emergencial da vacina contra a covid-19 CoronaVac em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos
Segundo os técnicos da Anvisa, os estudos apresentados pelo Instituto Butantan são insuficientes para garantir a segurança, a eficácia e a duração da proteção do imunizante nessa faixa etária
Além disso, os técnicos cobraram a apresentação de dados de acompanhamento da população adulta vacinada com a CoronaVac que o Butantan ficou de repassar à Anvisa, mas não entregou

A reportagem é de Rodrigo Gomes

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários