Projeto Mil Milhas pela Vida Das Mulheres 🎙

O jornalista Gilberto Nascimento entrevistou Juliana Reis, coordenadora executiva do projeto “Mil Milhas pela Vidas das Mulheres”, que tem como objetivo garantir o aborto de forma segura e legal para mulheres brasileiras fora do país. Roteirista e diretora, Juliana diz que o “Milhas” é uma startup que trabalha com direitos humanos, direito reprodutivo e militância, mesmo o ativismo não sendo normalmente algo tão digital assim. “A gente faz desobediência civil dentro da lei”, afirma a produtora e roteirista. Ela diz que o Milhas surgiu em 2019 para atender mulheres que não podem pagar viajar para o exterior para fazer aborto de seguro e legal. “A ideia do aborto enquanto direito e cuidado de saúde nunca existiu na cabeça da mulher brasileira.” “O mote da gente é ‘Quem pode ajuda quem precisa. Quem quer mudar a lei, ajuda quem não pode esperar por essa mudança.” Segundo ela, no Brasil são realizados cerca de 1 milhões de abortos de forma clandestina, pondo em risco a saúde da mulher. Juliana diz que, em 15 meses, o Milhas recebeu 1.772 pedidos de ajuda de mulheres. Neste ano, até o dia 20 de janeiro já foram 194. Para saber como obter esse tipo de ajuda, consulte o site do projeto “milhaspelavidadasmulheres.com.br”.

#Mulheres
#Brasil
#Milhas

🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários