Redemocratização colombiana: Gustavo Petro pede que população se mobilize e apoie reformas

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, declarou o fim da coalizão com os partidos Liberal, Conservador e o União para o Povo, legendas que apoiaram o presidente a partir do segundo turno das eleições presidenciais, em junho de 2022, e ganharam cargos no governo após o pleito.

Com isso, Petro anunciou a renúncia de todos os seus ministros, convocando o que chamou de “governo de emergência”. Para ele, essa seria uma gestão leal às reformas que o Executivo busca aprovação no Congresso.

Para falar com a gente sobre a situação política na Colômbia, o Revista Brasil TVT conversa com Amanda Harumy, que é doutoranda do Prolam (Programa de Pós-Graduação Integração da América Latina) da USP (Universidade de São Paulo).

#RevistaBrasilTVT
#AmandaHarumy
#GustavoPetro
#Colômbia

⚠️ Seja membro deste canal e ganhe benefícios:
https://www.youtube.com/channel/UCmQTY7b5w61WlmBbJ5a8XrQ/join

🔴👍🏽 Acesse e inscreva-se no Cortes TVT: https://bit.ly/cortestvt
👍🏽 Curta o vídeo e ajude a Rede TVT compartilhando com os amigos!
🔔Inscreva-se no canal da Rede TVT: www.youtube.com/redetvt
⚠️ Apoie a TVT a levar o sinal para todo o Brasil com o novo app de streaming:
Acesse https://www.catarse.me/tvt ou pelo QRCode do vídeo.

Deixe um Comentário

comentários