Saudação nazista em SC expõe ligação de Bolsonaro com neonazismo; são 1000 células no Brasil

Bolsonaristas fizeram saudação nazista, com braços estendidos, em manifestação antidemocrática em Santa Catarina durante a execução do hino nacional, nesta quarta-feira (02/11). O ato que pediu golpe militar ocorreu em frente ao 14.º Regimento de Cavalaria Mecanizado, base do Exército no município de São Miguel do Oeste. O Ministério Público de Santa Catarina informou que vai investigar responsáveis por fazer esse tipo de saudação que se fazia a Hitler. Fazer apologia ao nazismo é crime, conforme a lei nº 9.459/97. A jornalista Marilu Cabañas conversou com Adriana Dias , pesquisadora, doutora em Antropologia pela Unicamp. Há quase vinte anos pesquisa a história e a movimentação de grupos neonazistas brasileiros e com Nathaniel Braia, integrante da comunidade judaica brasileira, escritor, jornalista, editor internacional do jornal “Hora do Povo”, foi estudante do curso de Engenharia Elétrica do Tecnion – Instituto Técnológico de Haifa/Israel. Veja o vídeo.

#extremadireita
#atosantidemocraticos
#jornalbrasilatual

🔴👍🏽 Acesse e inscreva-se no Cortes TVT: https://bit.ly/cortestvt
👍🏽 Curta o vídeo e ajude a Rede TVT compartilhando com os amigos!
🔔Inscreva-se no canal da Rede TVT: www.youtube.com/redetvt
⚠️ Apoie a TVT a levar o sinal para todo o Brasil com o novo app de streaming:
Acesse https://www.catarse.me/tvt ou pelo QRCode do vídeo.

Deixe um Comentário

comentários