Subnotificação pode explicar crescimento de contratações em julho, no ‘novo’ Caged🎙

O fechamento de quase 1,1 milhão de postos de trabalho formais neste ano, conforme divulgado na última sexta-feira (21), em que pese o resultado positivo de julho, atingiu alguns segmentos com mais intensidade. De acordo com os dados do “novo” Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, o corte foi mais profundo, em números absolutos, entre mulheres trabalhadores com ensino médio, de faixas etárias mais elevadas e no setor de serviços. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Victor Pagani, supervisor do escritório do Dieese em São Paulo, analisou os números.

🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários