Surto de influenza agrava problemas enfrentados por servidores de penitenciárias há mais de 2 anos

De acordo com Fábio Jabá, presidente do Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp) e secretário geral Federação Nacional Sindical dos Policiais Penais, dois anos depois do início da pandemia, o Estado ainda continua virando as costas para o sistema prisional. Segundo ele, a situação se agrava agora com o surto de influenza H3N2. Entre os principais problemas estão redução do número de funcionários em serviço e visitas presencias a presídios. Confira a reportagem de Larissa Bohrer.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários